FIES – O que é?

publicidade:

Conseguir cursar uma faculdade e garantir um lugar no mercado, nem sempre é fácil. Quase sempre o valor das mensalidades é bem elevado e, justamente, acaba sendo difícil conseguir um emprego com um “bom” salário para pagar a faculdade, pois, geralmente, os maiores cargos (e salários) exigem formação superior. Mas nem tudo está perdido, pois para esses casos é que surgiu o Fies! Vamos explicar como ele funciona e como é possível se inscrever.

Do que se trata o Fies?

fies (2)Indo direto ao assunto, o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) é um dos mais importantes programas estatais voltados ao incentivo da graduação. Todo aluno que se encaixe nos padrões financeiros do programa, pode financiar seus estudos s e posteriormente pagá-los enquanto já inserido no mercado de trabalho, ou seja, uma boa possibilidade para quem deseja utilizar uma instituição de ensino privada.

A financiamento feito pelo programa é dividido em três períodos: utilização, carência e amortização. Durante o curso, na fase de utilização, o aluno vai pagar no máximo R$50 trimestrais, o valor é para o pagamento de juros. A fase de carência acontece com o curso concluído, o aluno passa 18 meses fazendo o mesmo pagamento da fase inicial, R$50 a cada três meses. O Fies tem juros de 3,4% ao ano.

publicidade:

Quem pode participar do programa?

O estudante precisa estar cursando ou passar no vestibular de uma das instituições cadastradas no Fies e fazer a matrícula na carreira. Além disso, a partir de 2011, só poderão participar aqueles que fizeram o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Depois, é necessário fazer a inscrição no programa pela internet e ser aprovado pelo MEC (Ministério da Educação). Atualmente, cerca de 1.150 faculdades participam do Fies.

Durante o curso, o bolsista paga um valor de até R$ 50 a cada três meses. Quando se forma, entra no período de carência de 18 meses, em que não tem que pagar o Fies. É a hora de conseguir um emprego com o diploma e preparar o bolso para pagar o empréstimo.

Quando a carência termina, começa a fase da amortização da dívida. Todo o saldo que o estudante devia é aplicado numa fórmula chamada Tabela Price, que calcula os juros e determina um valor fixo para as parcelas de pagamento.

Não pode se candidatar ao FIES o estudante:

– Cuja matrícula acadêmica esteja em situação de trancamento geral de disciplinas no momento da inscrição.

– Que já tenha sido beneficiado com financiamento do FIES.

– Inadimplente com o Programa de Crédito Educativo (PCE/Creduc).

– Cujo percentual de comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita com o pagamento da mensalidade seja inferior a 20%.

– Fiadores com restrição no SERASA/SPC, conforme a Circular n°04/2013 do FNDE.

– Cuja renda familiar bruta seja superior a 20 (vinte) salários mínimos.

Conheça as novas regras do Fies

Algumas novas regras sobre o Fies levantaram dúvidas sobre a continuidade do programa, por exemplo, a de que será limitado o número de bolsas do Fies em cada instituição de ensino, a exigência de nota mínima de 450 pontos no Enem, não poder acumular bolsa do Prouni e Fies em diferentes instituições.
Os prazos para renovação de contrato do Fies, e as solicitações do financiamento pela primeira vez, estão mais curtos do que nos anos anteriores além das falhas apresentadas pelo site que impossibilitou milhares de inscrições no Fies. Esses fatores prejudicam os alunos que se matricularam em instituições privadas na confiança de conseguir o Fies, mas as mensalidades já chegaram sem a certeza do benefício.

Como fazer a inscrição do Fies?

Há algum tempo, o sistema de inscrições do FIES mudou e sua inscrição pode ser feita em qualquer data do ano. Não é mais necessário esperar um período de inscrições para fazê-lo. Essas inscrições são feitas no site do Sistema Informatizado FIES, o SisFIES, que pode ser acessado através do endereço http://sisfiesportal.mec.gov.br/. Em primeiro lugar, entre no site do sistema e clique em Inscrições. Lá você verá um pequeno formulário para ser preenchido com os seus dados, que são o seu CPF, sua data de nascimento e seu e-mail.

publicidade:

Conclusão

Pois é caros leitores e leitoras, espero que tenham curtido essas informações e que consigam se qualificar para esse mercado que anda tão concorrido, e que tenha ficado claro como funciona o fies . O fato dos juros serem baixos é que o destaca entre outros programas da educação, fazendo o FIES a melhor opção.

Dúvidas e sugestões podem deixar nos comentários, até a próxima!

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

FIES – O que é?
publicidade: